Latam vai cobrar pela bagagem e bebida

A Latam Brasil estreará nas próximas três semanas a nova forma de viajar que o Grupo Latam Airlines anunciou em novembro de 2016 para os seus seis mercados domésticos. O Brasil será o quinto país a implementar os novos serviços e produtos, que permitem ao cliente escolher como viajar e pagar apenas pelo que deseja adquirir.
 
Algumas das novidades já foram introduzidas em voos domésticos da Latam Colômbia, Latam Peru, Latam Chile e Latam Argentina.
 
Cobrança de bebidas - A Latam Brasil estreará um novo serviço de bordo para compra de bebidas e alimentos nos voos domésticos no país, inclusive nas viagens mais curtas, de até uma hora de duração. Batizado de “Mercado Latam”, o serviço no Brasil contará com um cardápio de 52 produtos de excelente qualidade, com alternativas para os mais variados gostos e preferências.
 
Assim como aconteceu na Colômbia, no Peru, no Chile e na Argentina, o Mercado Latam leva em consideração as regionalidades e preferências gastronômicas de cada país para a seleção de produtos locais, respeitando os hábitos dos passageiros, considerando o que eles já estão acostumados a consumir em diferentes momentos e ocasiões do cotidiano, seja a lazer ou a trabalho.
 
No Brasil, foram incluídos produtos tipicamente nacionais, como o brigadeiro, o bolo de banana, entre outras opções, todas já reconhecidas e adaptadas ao país. 
 
O Mercado Latam será implementado gradualmente nas rotas domésticas da companhia no Brasil.
 
A previsão é de que o cardápio seja renovado duas vezes ao ano, com manutenção dos produtos mais bem aceitos e melhor avaliados pelos clientes.
 
A oferta de comida fresca também é ampla: sanduíches, wraps, saladas e diversas alternativas para o café da manhã, bebidas quentes e frias, snacks salgados e doces, menu para crianças, vegetarianos, veganos, comida kosher, opções para celíacos e pessoas com intolerância à lactose, um bar com espumante, vinhos e cervejas, entre outros, que poderão ser adquiridos com pagamento em dinheiro ou no cartão de crédito – Visa ou Mastercard.
 
Os produtos poderão ser adquiridos de forma avulsa com preços a partir de R$ 4,00, ou por meio de um dos combos, oferecidos a partir de R$ 14,00. 
 
“Esta nova forma de viajar traz muito mais liberdade para o cliente decidir como quer voar, pagando pelos serviços adicionais que quiser e selecionando a tarifa que se ajuste melhor às suas necessidades. Com isso, esperamos que mais clientes possam começar a voar, ampliando dessa forma o acesso ao transporte aéreo, com tarifas mais econômicas, além de mais e melhores opções para o passageiro”, explica Cadier. “O Grupo projeta ampliar em 50% a quantidade de passageiros transportados até 2020, consolidando o avião como um meio de transporte massivo na região e estimulando o crescimento econômico dos mercados onde opera.”
 
Novos perfis de tarifas - A compra de passagens aéreas domésticas da Latam Brasil seguirá um novo modelo de perfis tarifários, com mais flexibilidade para o consumidor escolher e pagar apenas pelos serviços e benefícios que realmente deseja adquirir na sua viagem.  
 
São quatro opções de perfil de tarifas: Promo, Light, Plus e Top. No momento da compra, o consumidor terá a liberdade de optar por diferentes perfis de tarifas, selecionando aquele que mais se adequa à sua necessidade. 
 
Além disso, caso o cliente escolha um perfil de tarifa que não inclui o despacho de bagagem, ele poderá adquirir o serviço separadamente a qualquer momento. 
 
A tabela a seguir mostra quais serão os perfis de tarifas domésticas da Latam e seus respectivos pacotes de benefícios inclusos:
 
 
Durante o lançamento, o serviço de reserva de assento estará disponível em caráter promocional para as tarifas Promo e Light.
 
Compra antecipada da primeira bagagem doméstica - A cobrança da primeira bagagem em voos domésticos da Latam no Brasil será de R$ 30,00 para compras antecipadas, feitas no momento da emissão do bilhete. Para compras feitas a qualquer momento antes do voo, pelo site Latam.com, call center, agências, aplicativo Laam ou durante o web check-in, o valor será de R$ 50,00. Já para as compras feitas no balcão de check-in, lojas ou totens de aeroportos, o valor será de R$ 80,00.
 
Todas estas alterações serão feitas de forma gradual ao longo das próximas três semanas para que os passageiros possam conhecer e se adaptar à nova forma de viajar da Latam.
 
1. Valor válido para compra de bagagem junto com o bilhete em qualquer canal de venda - canais digitais, Call Center, lojas de aeroporto e agências de viagem. Demais valores variam de acordo com o canal de compra.
 
2. Promocionalmente gratuito para as tarifas Promo e Light
 
3. O valor do Espaço+ varia de acordo com a rota
 
4. Sujeito à disponibilidade
 
5. Para alterações se aplica a condição de cada tarifa. Exemplo: se o passageiro escolher uma tarifa Promo ou Light para o voo de ida e uma Plus ou Top para o voo de volta, poderá remarcar somente o retorno. As tarifas Promo e Light não permitem alterações.
 
6. Para reembolso se aplica a condição da tarifa mais restritiva dos voos selecionados. Exemplo: se o passageiro escolher uma tarifa Plus ou Top para o voo de ida e uma tarifa Promo ou Light para o voo de volta, não será possível o reembolso do bilhete. 
 
Publicado em 13/junho/2017