Bariloche tem 1ª nevasca do ano e prevê recordes para o inverno

Um dos momentos mais esperados em Bariloche é quando a neve começa a cair, o que inesperadamente aconteceu neste final de semana.
 
Além de um cenário encantador, o fenômeno climático que chegou de forma intensa à cidade e seus arredores, por volta do meio dia de sábado (3), após uma intensa chuva, antecipa a temporada de inverno, prevista para começar oficialmente no dia 9 de julho. Autoridades do turismo da estação de esqui já estimam recordes para a temporada, tanto de neve, como no número de turistas.
 
Segundo Marcos Barberis, secretário de Turismo de Bariloche, a neve antes da hora indica uma excelente temporada de inverno, teremos um recorde, um dos melhores marcos históricos para a cidade argentina, que recebe mais de 290 mil turistas de diferentes países nos meses de frio intenso, e cerca de um milhão ao longo do ano. 
“A temporada será maravilhosa. Em princípio, esperamos que a neve continue nos acompanhando. Além dos esportes e brincadeiras na neve, teremos atrações para todas as faixas etárias e perfis de turistas”, comemora Leo Tiberi, do Ente Mito de Promoções Turísticas (Emprotur). 
 
As montanhas já começaram a acumular neve e, pela previsão do tempo, deve nevar mais nesta semana e com intensidade. Há anos não se observava fortes precipitações na Patagônia, e como a nevasca foi intensa no último final de semana, isso significa que haverá bastante neve nos próximos meses. “A neve é vital para o turismo e o comércio local, já que os segmentos dependem diretamente e indiretamente do fenômeno para movimentar e gerar mais negócios na cidade. Faz alguns anos que não temos tanta neve assim, tenho certeza de que teremos um excelente inverno”, declara Barberis. 
 
Além da neve em abundância recorde, Bariloche prevê maior número de visitantes para os próximos meses, principalmente brasileiros. Além da extinção do imposto de hospedagem para estrangeiros, o que representa uma economia de 21% em hotelaria, a malha aérea da linha Brasil- Bariloche foi ampliada. 
 
A Latam confirmou voos diretos de San Pablo a Bariloche às sextas, sábados e domingos, no mês de julho, e sábados e domingos, em agosto. A Azul também terá voos diretos de Campinas aos sábados, em julho e agosto. E mais: as Aerolineas Argentinas também disponibilizarão voos de diferentes cidades brasileiras para Bariloche, com conexões em Buenos Aires. 
 
Para receber os turistas em grande estilo, Bariloche terá novidades. Além de uma nova passarela, que reúne lojas e bons restaurantes, no centro da cidade, foram inauguradas novas chocolaterias e cervejarias artesanais. 
 
E mais: entre os dias 6 e 10 de setembro, pela primeira em sua história, Bariloche sediará o FIS Snowboard Cross World Cup, competição que irá reunir mais de 200 atletas de 100 países confederados em Cerro Catedral, maior estação de esqui da cidade. Como as provas são classificatórias para os jogos olímpicos de inverno da Coreia, em 2018, o evento promete um clima competitivo. Na modalidade, de quatro a seis atletas descem simultaneamente uma superfície inclinada, vence quem completar a prova primeiro. 
 
 
Publicado em 8/junho/2017