Hotéis para observar estrelas

Quem já não olhou para o céu, à noite, e disse: “Que Lua!”. Pois nas Américas o céu é uma atração à parte e permite que a viagem não se restrinja a passeios diurnos. Aqui, três locais, com hospedagem, que vão deixá-lo de boca aberta na escuridão para admirar o céu estrelado:
 
DESERTO DO ATACAMA
Na região com o céu mais limpo do mundo o tour astronômico é garantido. Famoso por seu alto grau de visibilidade, o Deserto do Atacama, no Chile, é parada obrigatória para os admiradores das estrelas. Ali está o único telescópio (foto) privativo sem cúpula do Atacama, construído no hotel Alto Atacama (www.altoatacama.com). Luzes de LED foram instaladas a 45 graus e não competem com a luz natural das estrelas. É possível ver até os anéis de Saturno e as crateras da Lua. 
 
PISCA
Localizada no Vale Sagrado, Peru, a Vila de Pisca possui um observatório astronômico famoso que proporciona aos visitantes momentos indescritíveis ao observarem o céu do Peru por um novo ângulo. Aos visitantes interessados em astronomia uma boa pedida é se hospedar no hotel Sol y Luna (www.relaischateaux.com/es/peru/solyluna-cusco-urubamba), que oferece atividades culturais complementares a essa experiência como os rituais andinos.
 
SANTA CATARINA PALOPÓ
A Guatemala tem algumas vantagens para observação estelar por estar localizada na Zona Tórrida, no trópico de Câncer e próximo a linha do Equador. Assim é possível fazer uma observação tanto ao Norte como ao Sul e visualizar quase todas as constelações. A partir das duas últimas semanas de outubro até os primeiros dias de abril as áreas fora da cidade, principalmente na região dos lagos, proporcionam uma observação espetacular. O hotel Casa Palopó (www.casapalopo.com) tem um amplo terraço para observação do céu e ainda proporciona a seus hóspedes momentos de relaxamento e renovação espiritual.
 
Publicado na edição 211 - julho/2017

Estúdios em Beijing

Inaugurado em 2008, o The Opposite House está localizado no Taikoo Li Sanlitun, um vibrante centro de entretenimento em Beijing, na China. São 99 estúdios, incluindo nove espaçosas suítes e uma penthouse duplex, com decoração contemporânea de estilo chinês usando madeira natural. Tem academia, piscina, sauna, spa e galeria de arte.
 
 
Publicado na edição 210 - junho/2017

Hotel no Vale Sagrado

David Sendra Domènech
 
No Vale Sagrado de Urubamba, no Peru, à beira do rio, se ergue o Tambo del Inka Resort & Spa, fabuloso hotel onde a natureza típica andina veste cada espaço. É mais do que um hotel. É um espaço para passear, sentindo o suave murmúrio das águas do rio a poucos passos. A partir do hotel existem vários passeios: Machu Picchu, Ollantaytambo, Maras ou fazer canoagem e ciclismo.
 
Entre as opções de apartamento, os 41 m² do tipo Superior (vista para o rio ou para a montanha Vilcanota), os 80 m² da Suíte Sênior, com serviço de mordomo ou Deluxe, de 48 m², com terraço.
 
O restaurante Hawa conta com ingredientes orgânicos de fazendas vizinhas e do próprio jardim do hotel. O chef aplica a inovação para criar delicados pratos, que são degustados num ambiente encantador e intimista.
 
 
Publicado na edição 209 - maio/2017

Três opções de destinos rurais na Nova Zelândia

Além de grandes centros urbanos e de ótimas praias, a Nova Zelândia possui muitos destinos rurais para aqueles que procuram descansar curtindo o melhor da vida campestre, em meio a criação de animais soltos, plantações com paisagens cinematográficas, boa comida e muito sossego. Sem contar a recepção das famílias locais que torna a experiência ainda mais interessante. As fotos são do Tourism New Zealand.
 
OFF THE MAPP
Spray Point Station é uma fazenda centenária com 22 km² na região de Marlborough, na Ilha Sul. Off The Mapp (www.offthemapp.co.nz) é uma das opções de hospedagem na fazenda. Com quatro chalés, o mais procurado deles é o Cob Quarters, uma antiga acomodação de tropeiros completamente restaurada. A sugestão aqui é descansar em frente às fogueiras, tomar um banho na área externa e observar os pássaros que voam pela região.
 
VALE ESCONDIDO
Conhecida como Glenfalloch (“vale escondido”), essa fazenda de ovelhas e gado em meio aos alpes da Ilha Sul, já foi considerada uma das maiores propriedades rurais da Nova Zelândia. Lá, o Nokomai Station (http://nokomai.co.nz) dispõe de quatro aconchegantes chalés, nos quais os hóspedes podem preparar as próprias refeições ou se juntar à mesa dos proprietários na casa original da fazenda. Também é possível fazer voos de helicóptero que percorrem toda a região dos lagos.
 
JUNTO DAS OVELHAS
Entre as colinas da Ilha Norte está o Rangitikei Farmstay (www.rangitikeifarmstay.co.nz). Lá, as ovelhas são a principal atração - assim como observar os fazendeiros e seus cachorros cuidarem do rebanho. Ali é possível curtir a represa natural e um banho de cachoeira. No final do dia, basta recarregar as energias em uma das opções de acomodação, seja no chalé da fazenda ou nos quartos compartilhados. 
 
Publicado na edição 210 - junho/2017

Cercado de natureza

Natureza e tranquilidade são o que você encontrará no HI Curitiba Eco Hostel, mesmo estando numa agitada metrópole como Curitiba. O hostel oferece quartos coletivos, para a família, casal e individual. O café da manhã (das 7h30 às 10h30) está incluído na diária e as outras refeições são cobradas a parte. O albergue fica a 20 minutos do centro da cidade de ônibus, no bairro do Campo Comprido. São 7 km² de belezas naturais, cercado por árvores nativas e curso d’água. Para a diversão, o alberguista tem a sua disposição uma piscina, quadra de futebol, churrasqueira e redes. É certificado pelo selo de qualidade HI-Q desde 2011.
 
 
Publicado na edição 208 - abril/2017